MENU

Copacabana: (21) 2522-5050 | Largo do Machado: (21) 2557-5115 | Centro: (21) 2263-2725 | Tijuca: (21) 2284-2799 | Barra: (21) 3647-3313

Cirurgia Oral

A Cirurgia Oral (Menor) é a especialidade da Odontologia responsável pelo tratamento cirúrgico de problemas relacionados aos dentes, ossos, gengivas e bochechas. São cirurgias relativamente simples que podem ser realizadas no próprio consultório odontológico usando anestesia local.

A cirurgia oral menor mais conhecida é a extração do siso, o último dente da arcada dentária que geralmente cresce depois da fase de evolução dentária e acaba por trazer certas complicações para o indivíduo.

A extração do siso está indicada na ausência de espaço para a erupção, quando está posicionado horizontalmente, e nos quadros de dor, quando se inicia a erupção e esta não se completa, ou seja, há erupção parcial do siso. Normalmente é uma situação mais delicada, numa área de difícil acesso, porém nas mãos de um profissional habilidoso, especialista em cirurgia, este procedimento não será complicado a ponto de assustar ou amedrontar o paciente.

Quando se faz a extração do siso, provavelmente terá que ser feita a extração de ambos os sisos do mesmo lado, isto é, do superior e do inferior, para que não ocorra a extrusão do dente que não foi extraído, prejudicando a arcada dentária.

Embora o termo “cirurgia” às vezes assusta o paciente, é mais correto dizer que são apenas procedimentos de correção, ou seja, não envolvem grandes riscos operacionais, porém são de vital importância para o desempenho bucal do paciente.

Os principais procedimentos realizados são:

 

Exodontia

Extração de dente com finalidade terapêutica ou ortodôntica e remoção de dentes inclusos (que estão dentro do osso)

Frenectomia labial

Remoção do freio lingual localizado em baixo da língua e se relaciona com a língua presa

Biópsias na cavidade oral

Remoção de tecido vivo que são encaminhados para análise laboratorial

Cirurgias pré-protéticas

Indicadas para melhorar as condições de uma região da boca a qual irá receber uma prótese dentária

Cirurgias gengivais e periodontais

Procedimentos relacionadas aos tecidos de sustentação dos dentes


Recomendações Pós-operatórias em cirurgias orais menores

  1. Alimentação liquida/ pastosa, fria ou gelada por 3 dias
  2. Evitar esforço físico ( repouso absoluto nas primeiras 24 horas)
  3. Evitar exposição ao sol
  4. Dormir com a cabeça mais elevada do que o resto do corpo ( 2 travesseiros)
  5. Aplicar gelo na face, sobre o local operado, a cada 20 minutos, nas primeiras 24 horas.
  6. Evitar tossir, cuspir ou espirrar
  7. Não bochechar por 2 dias
  8. Passar cotonete embebido em colutório sobre os pontos até a sua remoção
  9. Não tomar líquidos de canudo
  10. Não ficar mexendo na região operada
  11. Não fumar
  12. Não ingerir bebidas alcoólicas
  13. Tomar os medicamentos prescritos
  14. Em caso de sangramento morder uma gaze embebida em soro fisiológico gelado sobre a região operada por 20 minutos. Se for intenso, entrar em contato com o cirurgião.
  15. Poderá haver elevação da temperatura(febre) nos primeiros dias. Se persistir ou for acima de 38 C entrar em contato
  16. Aplicar hidratante ou vaselina nos lábios se estiverem feridos
  17. A pele da face também pode ficar arroxeada ou com manchas vermelhas, retornando ao seu normal em uma semana
  18. Edema ( aumento de volume) é considerado normal podendo aumentar entre 48h a 72 horas de pós-operatório, diminuindo depois. Caso haja aumento de volume após o 4 dia, entrar em contato.
  19. Pode haver dificuldade de abertura de boca (trismo), dormência nos lábios e língua, ou os dentes ficarem doloridos. Tratam-se de problemas que desaparecerão gradativamente
  20. Fazer higiene oral rigorosa, escovando os dentes das áreas não envolvidas na cirurgia e banhando o local operado com PERIOGARD 2 x ao dia. ( Não bochechar por 2 dias)